Cases - Tecniplas e seus principais ativos

Todos os meses, compartilhamos com vocês informações sobre os nossos mais recentes projetos. Líder brasileira em tanques e equipamentos especiais de compósitos em PRFV (Plástico Reforçado com Fibras de Vidro), a Tecniplas está sempre desenvolvendo soluções para os mais diferentes segmentos da indústria.

Tecniplas e seus principais ativos

Tecniplas e seus principais ativos

Desta vez, porém, a ideia não é falar sobre os nossos produtos, mas sim sobre os nossos principais ativos: as pessoas. Hoje em dia, temos aproximadamente 100 colaboradores diretos aqui em nossa fábrica. Seria impossível, por questão de espaço, publicar os depoimentos de todos. Então, selecionamos um funcionário de cada área para contar um pouco sobre a sua trajetória na empresa.

Conheça algumas das pessoas que fazem a Tecniplas ser referência no Brasil quando o assunto é a combinação entre engenharia e materiais compósitos.

Supervisor de projetos, Gerson Vieira, 52 anos, ingressou na Tecniplas em 2001 como projetista.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Desenvolver projetos especiais e, quando possível, ministrar treinamentos em clientes.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
Na verdade, tenho orgulho de todos, mas, se fosse para citar um, acho que seria o projeto Bracell.
Como é trabalhar na Tecniplas?
É sempre um grande aprendizado... Também é uma empresa que garante o nosso crescimento profissional.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
A Tecniplas zela pela satisfação de vocês. Vendemos uma solução, e não apenas um produto.


Executiva da área comercial, Márcia Silva, 52 anos, trabalha na Tecniplas desde 2003 – juntou-se à empresa exercendo as funções de follow-up e arquivista.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Amooooo vendas! (risos) E atendimento ao cliente em geral.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
A minha primeira venda para empresa Kidde Brasil, em 2009. É um cliente que cuido com muitoooo carinho! (risos)
Como é trabalhar na Tecniplas?
É se sentir em casa e trabalhar com liberdade.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
A história que construímos só é possível graças à nossa parceria. Obrigado por acreditar em nosso trabalho!



Lidiane Rodrigues, 32 anos, é analista de marketing da Tecniplas desde fevereiro de 2019.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Sou apaixonada pelo Marketing Digital! Desenvolver 100% dessa tarefa é algo que me dá muito prazer.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
Tenho orgulho de dois trabalhos que realizei até hoje. Primeiro, foi introduzir a marca Tecniplas nas mídias sociais. E o segundo foi buscar conhecimentos para a otimização das campanhas do Google Ads. Acompanhar os resultados obtidos é algo que me enche de orgulho e me motiva a buscar melhorias constantemente.
Como é trabalhar na Tecniplas?
É ter liberdade para desenvolver o trabalho e obter em cada desafio muito aprendizado.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
Obrigada por depositar sua confiança em nosso trabalho! Nos empenhamos todos os dias para alcançar a qualidade que você procura.



Em 2005, Flávia Laranjeira ingressou na Tecniplas como assistente da área de recursos humanos. Hoje, aos 35 anos, ela é analista de RH.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Gosto de criar controles de indicadores e participar dos processos de adequações, para sempre trazer melhorias.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
A criação da padronização dos procedimentos do departamento de gestão de pessoas, reduzindo os erros, aumentando a confiança e a transparência.
Como é trabalhar na Tecniplas?
Costumo dizer que não é apenas a empresa que escolhe o colaborador, mas o colaborador também escolhe onde se sente bem. Gosto dos desafios e da liberdade de atuação que a Tecniplas me proporciona, além da grande confiança que depositam em mim. Me sinto muito bem aqui e sou grata pelos 15 anos de muito aprendizado.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
Comprar com a Tecniplas é ter a certeza de que receberá o melhor equipamento, pois somos estimulados a sempre buscar a excelência no que fazemos.



Ana Flávia da Silva, 26 anos, uniu-se à Tecniplas em 2016, como assistente de custos. Hoje atua na administração de contratos.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Não haver uma rotina exatamente igual todos os dias e ter contato com diversos setores da empresa.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
Acredito que foi acompanhar três projetos grandes e exigentes em um ano de pandemia, em que o mundo praticamente parou.
Como é trabalhar na Tecniplas?
Um lugar em que todos os dias se pode aprender coisas novas, já que trabalhamos com os mais diversos projetos. Podemos fazer a imersão em cada um deles – e tirar proveito disso.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
Podem contar sempre com a qualidade e a experiência da Tecniplas, uma das empresas mais tradicionais do mercado.




Pedro de Oliveira, 58 anos, começou a trabalhar para a Tecniplas em 2008, como supervisor de obras. Hoje em dia ele é gerente de obras da Resividro Serviços, uma empresa coligada à Tecniplas.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Os desafios com as novas montagens de equipamentos especiais.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
A montagem do maior tanque de PRFV do Brasil, que a Tecniplas forneceu para a Vale.
Como é trabalhar na Tecniplas?
Desafios constantes em busca de novos serviços, montagens e projetos.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
Os clientes da Tecniplas podem ter a certeza de que todo desenvolvimento, fabricação e montagem sempre serão trabalhos de qualidade e com muita dedicação de todos os envolvidos.



Aos 33 anos, Rafael Fruchi é responsável pelo controle de qualidade da Tecniplas. Ele foi contratado pela empresa em 2018, para exercer a função de operador de inspeção.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Acompanhar o processo de fabricação, pois é um aprendizado diferente a cada projeto. E é uma satisfação poder garantir que o equipamento chegue ao cliente exatamente como ele espera, com o padrão Tecniplas de qualidade.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
O projeto Andritz-Bracell, por conta dos equipamentos com complexidade diferente. Isso exigiu um pouco mais das pessoas que estavam envolvidas. No meu caso, inspeções, testes e documentações com padrões não convencionais.
Como é trabalhar na Tecniplas?
Aqui somos desafiados a cada dia para sermos melhores, vencer obstáculos, buscar sonhos e ter coragem para enfrentar qualquer batalha. Além de acreditar na cultura e nos valores da empresa, tenho muita admiração pelas pessoas que trabalham comigo.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
Seu reconhecimento é o maior dos nossos prêmios. Obrigado pela confiança!



Na Tecniplas desde 1998, quando atuava como assistente de vendas, Giselle Bettarelli, 53 anos, é atualmente fiscal da empresa.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Atender às demandas interna e externa, sempre buscando as melhores condições dentro da legislação.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
Cadastramento e recadastramento de nossos produtos junto ao BNDES.
Como é trabalhar na Tecniplas?
Tenho uma ligação muito forte com a empresa, pois tive a primeira passagem em 1992 e retornei em 1998, depois do nascimento do meu filho, Bruno. Muito aprendizado profissional, ético, social e pessoal. Por se tratar de uma empresa familiar, o acesso aos demais setores tornam as informações mais rápidas e objetivas.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
Temos o comprometimento em oferecer sempre as melhores condições, seja nos aspectos comerciais, técnicos, logísticos, de qualidade e assistência técnica, para que os clientes tenham uma relação duradoura com a empresa. E, quando pensarem em materiais compósitos, o primeiro nome seja o da Tecniplas.



Em 1982, José Viana, então com 18 anos, foi contratado como meio-oficial operador da Tecniplas. Passados 39 anos, hoje ele exerce a função de supervisor de produção da empresa.
Qual parte do seu trabalho você mais gosta?
Acompanhar e orientar o pessoal na produção.
Qual trabalho fez até hoje que lhe deu mais orgulho?
O que me deu mais orgulho até hoje foi um fornecimento dos equipamentos para a Cargill.
Como é trabalhar na Tecniplas?
Estou satisfeito com o meu trabalho aqui na empresa.
Deixe um recado para os clientes da Tecniplas.
Podem confiar na qualidade dos tanques e equipamentos especiais da Tecniplas.